• Chá de Leitura

ENTRE O PRAZER E A MORTE


Publicado em 1998, a Confraria dos Espadas reúne alguns contos de Rubem Fonseca. São histórias que focalizam, sob aspectos diversos, as temáticas do prazer e da morte. Assim, o autor coaduna, de alguma forma, com a ideia, surgida na França, de que o orgasmo é uma "pequena morte".

Na minha opinião, um dos melhores contos do livro é "Livre-arbítrio", no qual o protagonista, que narra a história, põe-se a serviço de mulheres que almejam o suicídio. Para justificar sua atitude, ele escreve: "[...] as três mulheres que matei eram sensatas e inteligentes e, mais importante, queriam exercer em sua plenitude o poder do livre-arbítrio, queriam escrever o seu augúrio, agir, em suma, sem que a decisão tomada fosse uma inevitável consequência de antecedentes fortuitos."

7 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo